Scouting – Vincent Thill

teaserbreit.jpg

Vincent Thill é um médio ofensivo que se notabilizou por se ter jogado sempre em escalões acima da sua idade, tanto nas camadas jovens do Metz como nas do Luxemburgo.

Depois de ter inclusive sido associado a Bayern de Munique, o jovem Luxemburguês, agora com 18 anos, encontra-se emprestado ao Pau FC, da terceira divisão francesa, onde aparentemente se tem demonstrado a bom nível. Com 6 golos em 12 jogos, o jovem médio ofensivo tem demonstrado grande apetência para o golo.

Esquerdino, sempre de cabeça levantada, o jovem médio vê tudo antes dos outros, fazendo com que pareça que executa a uma velocidade muito elevada. Apresenta também muita qualidade técnica no drible, que lhe permite quebrar linhas de contenção e criar desequilíbrios. Estas características fazem com que possa também atuar partindo da ala direita (onde gosto mais de o ver), explorando movimentos interiores, um pouco como faz Brahimi na ala esquerda do Porto, ou como fazia Bernardo Silva o ano passado no Manchester City.

Parece também abusar do remate de meia distância, mesmo não sendo o seu forte, devendo corrigir este aspeto e/ou aperfeiçoar a execução deste tipo de lances.

Demonstra um perfil bastante competitivo, sendo bastante aguerrido na disputa dos lances (fruto de ter jogado sempre contra adversários de maior envergadura?) e querendo sempre procurar soluções ofensivas, não tendo receio de chamar a si as responsabilidades. Talvez também por isto arrisque algumas soluções que por vezes não seriam as melhores (um pouco por exemplo à imagem de Bruno Fernandes).

Neste Pau FC, Vincent Thill parece às vezes não ser compreendido pelos colegas. Movimentações muito interessantes que não são correspondidas, tabelas que ficam por fazer, passes que deveriam entrar no espaço e entram no pé, etc. Ainda assim, a maior parte das boas combinações ofensivas da equipa saem dos pés do pequeno (1,70m) luxemburguês.

Vincent Thill parece então ser um daqueles jogadores que mais se notabilizará quanto maior for o patamar da equipa onde está inserido. Numa equipa onde se procurem combinações pelo corredor central, onde os jogadores estejam mais próximos e onde se tente entrar no espaço entre-linhas. Jogando ao primeiro toque, com combinações rápidas, desmontando os blocos de forma colectiva. Tem tudo para ter um futuro brilhante.

Deixo aqui alguns vídeos que compilei de alguns jogos ao serviço do Pau FC.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s